domingo, 29 de novembro de 2009

Religião, Jornalismo, Atenção ou apenas dinheiro?

Caros leitores, antes que comecem a ler este post, peço que não encarem este como ofensivo para jornalistas, apenas algumas críticas como qualquer profissão merece. O foco do texto é outro.


Há alguns meses atrás o país ferveu com um dilema! Para exercer jornalismo não será mais necessário ter diploma. Fiquei me perguntando e listando um milhão de "jornalistas" que não são formados em jornalismo, e o que mais me deixou mal, foi lembrar que uma grande parte de "jornalistas" quando iniciaram na televisão se quer tinham terminado o ensino médio, alias, pela quantidade de besteiras ditas duvido que tenham terminado o ensino fundamental (este foi apenas um desabafo tentando entender o motivo da bagunça causada pela classe) Isso foi apenas para retomarmos um ponto importante para a continuidade do assunto a seguir que é o principal.


Hoje saiu na Folha (http://www1.folha.uol.com.br/folha/ilustrada/ult90u659277.shtml) uma reportagem sobre mais brigas entre record e rede globo motivada pelo ego e ganância desmedida. Mais uma vez voltei no passado, mas para tentar lembrar da função básica de um jornalista, um tele jornal, etc. Acho que era para se preocupar em informar e atualizar a população. Levar informações de maneira ética e principalmente sempre a verdade. Mas pelo que podem ler na reportagem o nosso querido e amado bispo EDIR MACEDO está muito mais preocupado em questionar o IBOPE e incriminar a rede Globo (que não é livre de culpa) por alterar os resultados do IBOPE (realmente algo de utilidade pública).


Perguntas básicas:

  • Algum cidadão que não trabalha diretamente com isso já escolheu os seus programas pelo resultado do Ibope? 
  • Dedicar algumas horas de programas em tv aberta para vender a imagem distorcida da realidade é algo ético? Principalmente por se tratar de uma "emissora de deus"? O que a palavra de Deus dizia sobre a ganância, o egoísmo, a mentira...?
  • Neste momento, aonde que estão os Jornalistas, sedentos por justiça? Não é dever deles questionarem e abrirem a cabeça do público para estes ocorridos?



Acredito que o ponto essencial para pensarmos e treinar nosso dissernimento é:
Porque a classe jornalista não se preocupa com isso como se preoculpou quando apenas oficializaram que não é necessário diploma para fazer jornalismo? Será que grande parte dos jornalistas passam 4 anos na faculdade para  conquistar um diploma? Sendo assim porque não comprá-lo? E a principal de todas, porque as pessoas deixam e valorizam uma emissora cujo o dono é um Bispo, que não é jornalista, usa a palavra de deus, não prega a ética e seu principal interesse em todos os meios que atua (Empresas IURD, Rede Record, etc.) é ganhar dinheiro nas custas de um povo que infelizmente ainda não tem instrução se quer para ler o boletim do BigBrother?


Abraços a todos e bom resto de domingo! 

5 comentários:

Taine disse...

É fácil ersponder tudo isso...hoje, temos a Indústria Cultural...não importa se tem qualidade ou não, se dá dinheiro, vamos publicar...e pq dpa dinheiro? Pq existem pessoas que dão ibope para programas e redes de comunicação mesquinhas e hipócritas! É triste falar, mas isso existe em todas as profissões...
Pq o jornalismo está foco? Pq foi a primeira profissão a passar pelo facão de Gilmar Mendes...

Mas isso não se discute...cada um vai querer defender o que é seu e pronto! Sempre foi e sempre será!

Danilo Fernandes disse...

Ola Glauco!

Graça e Paz!

Vim conhecer seu espaço digital. Bom posts! A internet é um espaço precioso onde podemos falar de Jesus e discutir diferentes pontos de vista!

Aproveitando, faço uma apresentação do meu blog:

Genizah é um blog cristão diferente. Hilário e divertido, mas que não dispensa a seriedade na defesa do Evangelho. Uma mistura bem balanceada de humor, denuncia e artigos devocionais. No Genizah, você fica sabendo da última novidade do absurdário "gospel", mas também não falta material para inspiração e ótimas mensagens dos melhores pregadores. Genizah é um blog não denominacional apologético, com um time é formado por escritores, pastores, humoristas e chargistas cristãos.

Aguardo sua visita. Vamos nos seguir!

Abraços em Cristo e Paz!

Danilo

http://www.genizahvirtual.com/

Davi dos Santos disse...

Are you ready??
Não sou profundo conhecedor da história da profissão de jornalismo e da TV mas acredito que no Brasil elas se chocaram em algum momento, pois é verdade que muitos dos que ainda permanecem como comunicadores na TV não são formados em jornalismo/rádio e TV - para exercer essa função.
Tendo eles ensino fundamental, médio ou superior, deve saber que há 10 anos a TV não era essa coisa medonha que é hoje, e isso em todos os sentidos. Isso se deve a muitos fatores que não vou listar aqui, mas vale algumas perguntas: Será então que o diploma é realmente necessário, visto que alguns dos grandes comunicadores da nossa TV não o possuem?
Será que a grade currícular e/ou os profissionais que ensinam jornalismo nas universidades, é que estão formando péssimos profissionais?

Outro fator, é a intervenção do poder político e religioso, em algo que foi criado para entretenimento e difusão cultural, mudou todo o foco da TV,, e é isso que provoca a briga da Globo e Record...briga de EGO, dinheiro e poder.

O que acontece hoje com a TV e alguns jornais é explicado por essa frase dos Romanos: panem et circenses [pão e circo]...o povo adora!!! e não questiona.

Quem um conselho...desligue a TV e vá ler um BOM livro.

Pastoragente disse...

Graça e paz!
“Andando” por aí cheguei até o seu Blog e quero te parabenizar pela bênção que pude ver aqui.
Já estou te seguindo e será uma honra te receber no pastoragente.blogspot.com.
Se quiser segui-lo vai ser uma alegria pra mim.
No blog conto da forma mais realista e divertida possível as realidades, dúvidas e experiências de uma simples pastora como eu.
Fique na paz. Um abraço.

Ellen disse...

Caro amigo,isso ocorre por uns imples fato:As pessoas são burras,e o país quer que sejam gerados mais analfabetos funcionais,para cada vez mais os poderosos e espertos ,ficarem cada vez mais ricos,enquanto a população mal entende o que vê na TV ou o que lê no jornal.
Se fizerem uma pesquisa,verão que a população que para para assistir esse tipo de coisa é a que menos tem instrução,e eles se aproveitam disso!
abraço =)

Postar um comentário